sábado, 17 de outubro de 2009

A volta da Diva!

Eu esperei muito por este retorno. E fiquei radiante depois que viuns dias atrás um entrevista dela no programa da Oprah contando toda históra da vida perturbada, das drogas e sobre o marido muito mala que só atrapalhou.
E no final da entrevista ela cantarolou só algumas palavras e isso já soa coom a melhor das melodias aí se ter a noção do tamanho do talento dessa mulher e que estávamos perdendo muito em não poder ouví-la. Então hoje fiquei muito feliz ao ver mais esta matéria no site do Jornal NH , confere aí:

"Whitney Houston ressurge das cinzas e lança novo álbum.
Depois de desaparecer das paradas a cantora está em primeiro lugar na Billboard"


Estados Unidos - Aquela intérprete que ficou conhecida por cantar "I Will Always Love You", e que também ficou marcada pelos seus gritos e exageros, ficou para trás. Whitney Houston, precursora das cantoras que fizeram sucesso na música pop depois dos anos 80, tinha desaparecido. Mas parece que ela acaba de voltar.
A diva de 46 anos lança um disco de inéditas - o 6º de carreira - depois de estar sumida por sete anos. Durante esse tempo, a cantora teria se viciado em maconha, cocaína, em sexo, apanhou, de seu ex-marido, o cantor Bobby Brown, e parou de cantar.Há um mês, a cantora falou em entrevista para Oprah Winfrey, onde Whitney falou sobre a sua vida e sobre o que aconteceu neste período, que estava "sumida".

É possível recuperar trechos da entrevista no You Tube.Segundo Whitney, foi necessário que sua mãe, a cantora de soul Cissy Houston, chegasse com um mandado judicial em sua casa exigindo que ela fosse se tratar. "Não vou perder você para o mundo, para Satã, quero minha filha de volta", disse. Cissy ainda disse para a filha que a levaria à TV e deixaria claro que Whitney estaria abandonando a carreira.

Whitney entrou em uma clínica de reabilitação. Cronistas compararam esta ajuda com o que poderia ter solucionado os problemas de Michael Jackson caso ele tivesse tido esse suporte.O novo disco, I Look To You, entrou diretamente no número 1 da paradas da Billboard.

O disco chega sem a participação de Bobby Brown - Whitney se separou do cantor em abril de 2007, após 15 anos de união. O álbum começou a ser pensado em 2006 e foi produzido durante mais de dois anos. Algumas críticas apontam diretamente para sua voz, que após mais de uma década de drogas e excessos mudou, está rasgada. Há participações como as de Alicia Keys (uma de suas discípulas que contribui com a música Million Dollar Bill), e de R. Kelly, em Salute. As informações são do Jornal da Tarde.

Foto: Divulgação

Um comentário:

Doces Abobrinhas da Roberta disse...

sorte para ela!! eu adoro, depois de tantos altos e baixos, espero mesmo é que ela fique bem no topo""" talentosaaaaa que so.... adorei passar por aqui..vou add...passa la nas abobrinhas...bj bj